O que livros que prometem sucesso não te contam

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Não é de hoje que publicam livros que te prometem a solução instantânea para algum problema da sua vida. Desde auto ajuda a como ganhar dinheiro fácil. Mas, o que os livros que prometem sucesso não te contam?

Toda vez que entra um novo cliente na Lunar, eu dou início a uma pesquisa para conseguir entender melhor o segmento, o posicionamento, o tom de voz e etc. É uma etapa importante no processo, sabe?

Recentemente, um cliente me pediu que olhasse um livro 

(que não sei se vale a pena mencionar o nome) de grande renome, que posicionou o autor como um dos maiores empreendedores da época, com sacadas geniais e muitas frases de efeito. Ele fez muita gente começar ou acreditar que era possível. Até aí tudo bem. 

Quando o cliente me sugeriu o livro em questão, eles estavam se referindo apenas ao estilo de ilustrações que o mesmo contém (graças a Deus). 

Mas, como boa leitora, decidi passar o olho no conteúdo. 

Bom, a minha impressão não foi das melhores e confesso que, apenas consegui fazer uma leitura dinâmica.

Enquanto no livro “O trabalho não precisa ser uma loucura” eu consegui tirar muitas lições e insights, neste da vez eu trago algumas coisas que livros que prometem sucesso não te contam (a lista é quase infinita, mas reservei 10):

1 – Eles trazem exageros que te fazem se sentir mal

É tudo sempre MUITO. Você é muito incapaz se não conseguir fazer um negócio do zero. Você é muito desleixado se não mantiver o foco todos os dias. Você é muito PERDEDOR se não mantiver uma mentalidade positiva o tempo todo.

2 – Verdades que não se aplicam:

O que eu mais identifiquei foi uma generalização absurda. Ele coloca todas as pessoas no mesmo pacotinho e determina um único caminho possível. Ignora todas as outras possibilidades e, se você não consegue, bem, aí voltamos ao primeiro tópico.

3 – O mito do sofrimento:

É muito comum ver o autor se aproveitando do sofrimento real das adversidades para tentar criar um discurso de superação. Até aí tudo bem. É natural querermos criar histórias de superação e resiliência com as coisas que acontecem em nossas vidas. Mas, afirmar que você DEVE se apoiar nisso, é mais uma vez generalizar os traumas que as pessoas carregam e que, muitas vezes, não querem revisitar.

4 – Vendem sonhos como se fossem de padaria

O simplismo que o autor promete para conquistar um sonho é absurdo. É como se para conquistar o seu sonho próprio, você só precisasse ir até a padaria mais próxima e com apenas R$ 1,50… TÃNÃNÃ. você conquistou o seu sonho.

sucesso sonhos

E perceba o quanto andamos em círculos, ao fazer isso, voltamos à questão 2, onde ele coloca todas as pessoas no mesmo pacotinho e torna tudo possível para todas as pessoas. 

5 – Ele tira a responsabilidade das coisas da vida, sobre onde você está:

Eu não acredito em meritocracia, mas este não é o ponto da discussão aqui. Quando ele diz que “independente de como é/foi a sua vida, ela não é a responsável pelo onde você pode chegar, isso me parece muito grave. 

O livro foi escrito antes da pandemia, então o cenário poderia até ser menos grave que agora. Mas as crises generalizadas que estamos passando servem ao menos para evidenciar a realidade que sempre existiu no Brasil, em proporções levemente menores. 

A vida tem sim uma grande parcela de responsabilidade sobre onde as pessoas podem chegar. Não estou dizendo que isso é o fator determinante e muito menos que não é possível conquistar lugares, cargos, carreiras ou fortunas com empenho e dedicação. Estou dizendo apenas que a forma como ele torna as coisas fáceis “é só querer e se esforçar que você consegue” é um discurso cruel e que faz pessoas se culparem por muitas vezes, não conseguirem.

6 – Generaliza tudo o que não concorda:

Se você não parou de trabalhar para empreender, você é uma pessoa preguiçosa. Se você se endividou, te falta organização financeira. Se te faltam vitórias, você é medíocre. Essa generalização e até ofensa pelas pessoas que têm a caminhada um pouquinho diferente, me incomodou muito no livro inteiro! 

7 – Ignora a humanidade do humano

Livros que te prometem sucesso não te contam que você é um ser humano. Parece óbvio mas é real. Eu conheço uma pessoa que sonha ser um computador, pois na cabeça dela, isso permitiria não parar de trabalhar.

sucesso leitura

Quantas pessoas mais não acreditam no discurso de “trabalhar enquanto eles dormem” ? E com isso perdem a sua humanidade. Eu acredito muito no toque de humanidade, na história de cada pessoa e na singularidade que isso traz pra cada ideia e projeto. Tirar isso delas, faz com que se tornem cada vez mais, automáticas e iguais?

8 – O discurso da inteligência emocional

Vamos com calma aqui. Eu não estou dizendo que não se deva investir tempo e aprendizados sobre inteligência emocional, não é isso. O que me incomoda no discurso do autor é achar que se aprende com foco e determinação, ou em cursos prontos, a superar traumas, anseios, medos e outras questões.

9 – Ofende com palavras que beiram o humilhante

Já falei sobre isso no tópico 6, mas acho que ele merece um tópico só pra ele. Por vezes a escolha das palavras beira a humilhação. Eu acredito muito que isso tenha sido proposital, o objetivo do livro é, o tempo todo, te fazer se sentir mal pela forma como vêm levando a vida, para te oferecer uma solução óbvia. Baixo, muito baixo.

10 – Se eu consegui, todos conseguem

Esse é o tópico que fecha minha análise. Apesar de o autor descrever sua jornada como uma de superação, evidenciando o lugar de onde veio e o quão árdua foi sua caminhada, ele usa desta conquista para garantir que, se ele foi capaz, então todos são.

Esse discurso sempre me incomodou muito, afinal não somos todos iguais. 

O país em que vivemos sempre foi marcado por uma desigualdade extenuante, uma rede de ensino público que não ensina. Se olharmos para o lado, vemos pessoas que precisam escolher entre comer e pagar um transporte para uma entrevista de emprego. 

sucesso favela praia

Por favor, não entenda meus pontos como um debate político, tudo ultimamente é levado para esse lado da moeda.

O que eu trago aqui, como fatos que livros que te prometem sucesso não te contam, são realidades diferentes que existem em um país tão diverso.

Ele poderia sim, alegar muitas de suas constatações, mas se tivesse o mínimo de decência em reconhecer que o caminho não é o mesmo para todos. 

Eu acompanho algumas iniciativas empreendedoras de comunidades, é tudo tão diferente, que falar sobre elas poderia ser uma escolha mais interessante, sabe?

Mas bom, não quero me prolongar muito mais. Acho que a grande lição que posso trazer que ficou para mim é, o problema não é você se inspirar nessas pessoas, se pautar nesse tipo de literatura e acreditar nessas afirmações. O problema é você fechar os olhos ao que te rodeia e não enxergar que existem muitas outras coisas que os livros que prometem sucesso não te contam.

Mantenham atenção a isso, e tudo dará certo (ou não rs).

Bejo!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Paola Mariano

Paola Mariano

Publicitária com foco em marketing digital, conteúdo e planejamento pra redes sociais, metida a querer empreender, no mercado há 9 anos. Brindo a vida e os momentos sempre que dá, vivo no mundo da Lua, com uma boa cerveja, um bom vinho, comida boa, muitas leituras e a vontade que nunca morre de viajar por esse mundão de meu Deus!

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
intagram reels banner lateral design com cafe

Anúncio

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x