Reserva de segurança: Como criar a sua quando a renda não é fixa

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A reserva de segurança é o primeiro passo para quem deseja construir sua independência financeira e ter a liberdade de fazer suas próprias escolhas, sem ser limitado pelo dinheiro que possui.

Quando falamos em reserva financeira, a maior parte das pessoas logo pensa: preciso ter uma reserva para emergências. Mas na realidade, isso é a pior coisa que você pode pensar sobre a sua reserva e mesmo meu pensamento sendo contra o senso comum eu vou te explicar por que penso assim, e provavelmente você irá concordar comigo.

Tudo aquilo em que nós acreditamos verdadeiramente é registrado no nosso inconsciente e impacta nossos comportamentos e atitudes.

Basicamente nós agimos de acordo com o modelo mental que formamos ao longo da vida e que é composto pelas experiências e crenças registradas no inconsciente, assim como as informações técnicas aprendidas pelo nosso lado racional que acessamos conscientemente e também influenciam nossos comportamentos em geral.

O que quero dizer especificamente é que se você disser para o seu cérebro que a sua reserva é para uma emergência ele irá criar ou até mesmo atrair uma para você.

É por isso que eu defendo o conceito de reserva de segurança, pois meu objetivo é ajudar as pessoas a serem livres e independentes através de uma vida financeira tranquila e segura, que as permita viver confortavelmente, concretizar seus objetivos e ter mais liberdade de escolhas na vida.

Acredito que quando você trata sua reserva financeira como uma reserva de segurança está comunicando isso para o seu inconsciente, e ele entende aquele dinheiro como algo que está ali para que você se sinta segura e tranquila, sem medo dos imprevistos da vida.

Dito isso, quero mostrar a você empreendedor, autônomo, freelancer, profissional liberal, enfim… que é possível criar a sua reserva de segurança de forma consistente e prática mesmo tendo uma renda variável.

reserva de seguranca como calcular o valor ideal para sua reserva de seguranca

Como calcular o valor ideal para sua reserva de segurança?

Primeiro você precisa analisar seus gastos e entender o quanto custa a sua vida, saber exatamente qual o valor necessário para cobrir suas despesas mensais.

Em seguida, multiplique esse valor por seis e encontrará o valor ideal para ter como reserva de segurança. Mas isso não quer dizer que ao atingir esse valor investido você deverá parar de investir. 

Muito pelo contrário, atingir esse valor significa que você estará pronto para expandir seus horizontes e começar a diversificar seus investimentos aumentando cada vez mais o seu patrimônio.

Veja um exemplo:

Despesa mensal de R$ 3.000,00 x 6 meses é igual a R$ 18.000,00. 

Esse seria o valor ideal para sua reserva partindo-se da premissa de que uma reserva de segurança deve suprir pelo menos 6 meses do seu custo de vida, caso tenha algum imprevisto com sua renda principal.

Sabendo o valor ideal para sua reserva de segurança, você deve calcular o quanto consegue fazer sobrar do seu orçamento para investir todos os meses e formar sua reserva.

É nesse ponto que a maior parte das pessoas que não possuem uma renda fixa erram e acabam se desmotivando ao longo dessa construção financeira. 

Quem tem renda variável não deve investir um valor fixo mensal, pois na maioria das vezes, quando não conseguem ter o valor previsto para o investimento mensal se sentem incapazes e desmotivadas a continuar investindo e acabam ficando pelo caminho na jornada rumo à liberdade financeira.

Por isso, o ideal é que assim como a sua renda varia, os seus aportes mensais para a reserva de segurança também sejam variáveis. 

Para fazer isso de forma consistente e eficiente é preciso estabelecer qual percentual disponível da sua renda será investido todos os meses.

Sejam um percentual grande ou pequeno, o mais importante é criar um acordo consigo mesmo e cumpri-lo todos os meses, pois os investimentos não irão te enriquecer, mas a consistência dos aportes a longo prazo tem um grande potencial de fazer isso.

Então, aproveite para calcular qual o valor ideal para sua reserva de segurança e estabelecer qual percentual da sua renda você se compromete a investir todos os meses para criação dessa reserva e futuramente do patrimônio que te permitirá ser livre financeiramente, porque esse é o próximo passo.

reserva de seguranca principios fundamentais para escolher bons investimentos

Princípios fundamentais para escolher bons investimentos

Antes de falarmos sobre como escolher um investimento adequado para reserva de segurança é preciso deixar claro que cada um de nós somos seres individuais e temos necessidades e prioridades particulares, portanto não há um investimento que seja igualmente bom para todos.

O conteúdo que trarei a seguir serve apenas como um conceito para que você entenda o primeiro passo para avaliar se um investimento serve ou não para sua reserva de segurança. E de forma alguma use apenas essas informações para escolher seus investimentos.

Use apenas como uma porta de entrada para o conhecimento e antes de fazer qualquer investimento sempre aprofunde seu conhecimento sobre ele. Conhecer bem o ativo em que você está investindo é uma obrigação para todo investidor, e o mínimo que você deve fazer se quer levar a sério sua vida financeira.

Com relação ao conceito básico para entender como funcionam os investimentos é preciso saber uma coisa muito importante sobre o mercado financeiro e que gosto de chamar de: a Tríade dos Investimentos.

Essa teoria consiste em três características principais que devemos observar antes de analisar um investimento, que são: rentabilidade, liquidez e segurança.

A grande questão é que na maior parte dos investimentos encontramos apenas duas dessas características. Vou ilustrar abaixo para que você entenda melhor:

Imagine que você está avaliando 4 diferentes opções de investimento para colocar sua reserva de segurança e tem que analisar as características da tríade em cada um dos quatro investimentos para tomar sua decisão.

InvestimentoRentabilidadeLiquidezSegurança
Tesouro SelicXX
AçõesXX
CDB (liquidez diária)XX
Tesouro IPCA+ 2035XX

Obs: não há aqui nenhuma indicação de investimentos, essa é apenas uma comparação ilustrativa para fins didáticos.

Você pode observar na tabela que em geral não há um investimento que contemple as três características ao mesmo tempo, ou seja, não há investimento que tenha alta rentabilidade, total segurança e você ainda tenha a liberdade de sacar o valor investido a qualquer momento (que é a chamada liquidez: velocidade em que se pode transformar o ativo em dinheiro).

Sendo assim, o que é prioridade na hora de escolher um bom investimento para a reserva de segurança?

Escolhendo o investimento adequado para sua reserva de segurança

É fundamental que o investimento tenha segurança e alta liquidez, pois o próprio nome da reserva já diz: deve ser algo que te faça se sentir seguro, portanto você não quer se preocupar com o risco de perder esse dinheiro. Até porque, entende-se que essa é sua única reserva até então. 

Além disso, é necessário que esse investimento tenha alta liquidez, seja acessível, e você possa sacar o valor investido a qualquer momento. Afinal, nunca se sabe quando haverá um imprevisto, uma emergência ou até mesmo uma boa oportunidade em que você necessite utilizar sua reserva de segurança, que é uma informação importante para tratarmos aqui.

3 momentos em que você poderá recorrer à sua reserva de segurança

O primeiro momento é em casos de emergência, como um familiar adoecer por exemplo. 

O segundo para resolver algum imprevisto, caso sua geladeira dê um defeito por exemplo. 

E o terceiro, mas não menos importante, sua reserva serve para aproveitar boas oportunidades e aumentar sua renda, adquirindo algo que possa te gerar mais dinheiro como por exemplo um curso, uma especialização ou algo que eleve seu faturamento.

Agora que você já tem todas essas informações, coloque as mãos na massa e comece sua reserva de segurança. Mas não esqueça de aprofundar seus conhecimentos sobre o ativo em que escolher investir antes de fazer seu primeiro aporte.

Faça boas escolhas e tenha sucesso em seus investimentos!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Juliana Castro

Juliana Castro

Consultora financeira especialista em finanças para mulheres. Apaixonada por ajudar mulheres a conquistarem uma vida mais próspera, ensinando de forma simples e prática como dominar as finanças e começar a investir pra realizar seus sonhos. Curto um café, viagens e bons amigos!

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
intagram reels banner lateral design com cafe

Anúncio

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x